sábado, 4 de maio de 2013

Da fome com Klimt


O Beijo - Gustav Klimt

"Quarenta anos: não quero faca nem queijo. Quero a fome." - Adélia Prado

Só agora conheço essa fome...
de se fazer existir, sentindo-se Alguém
de ser o mundo cada dia mais pequeno
de criar
de sorrir
de Amar e de ser amado
do corpo a extravasar o que sente

Afinal: fome que exige que a completem, saciando-a...
Felicito quem encontra a outra parte do puzzle, aconselhando que a fome não seja completamente saciada:
ela faz falta, sem ela não há vida!

Sem comentários: