sexta-feira, 25 de outubro de 2013

Zeca Afonso - Canção de Embalar

Por todo o teu amor, que é mastro Maior, dificilmente poderia esconder a gratidão por te ter neste caminho. E é sempre uma maravilha ver-te chegar, mesmo que de longe, de mãos santas ao colo de tanto Amor a libertar. Esperar-te é saber ser o Mia que me ofereceste em que "Há coisas que se podem fazer pela metade, mas enfrentar o mar pede a nossa alma toda inteira."
Aqui fica o Zeca que tanto amas e que sempre te acompanha, com a Canção de Embalar - mapa mundo das estrelas pequeninas a clamar pela luz das demais.
Agape!


quarta-feira, 9 de outubro de 2013

Quando o hoje é para sempre...


Hoje me lembrei que somos um sopro, um pequeno sopro de Deus. 
E que nossa vida cabe em cada instante. 
Ela mora no agora. 
Amanhã ninguém sabe. 
Ninguém nunca vai saber.

Virgínia Mello

terça-feira, 8 de outubro de 2013

Não-enquadramento


Eu que não aprendo,
Eternamente sentada na primeira classe deste Mundo,
Mas que posso fazer ?
Se nele não me enquadra o corpo...

domingo, 6 de outubro de 2013