sábado, 30 de novembro de 2013

Mater


Obrigada Mater, pela Visão.
Há muito tempo que o meu coração sangra.
Os Homens, Mater e As mulheres, Mater já não podem mentir.
Há muito tempo que o meu pensamento redobra como o teu,
Das horas em que sentias que se tudo fosse em pensamento não haveria mentira no mundo e tudo seria mais justo, melhor e o Amor seria a lei e o percurso natural das coisas.
Tanta dor por perceber que muitas vezes o toque não é suficiente.
Que bem-me-quer
Que mal-me-quis 
E eu só te quero ver feliz.
Há muito tempo.
Agape Mater

Sem comentários: